Doutora, por quê o processo demora tanto? - Leidyane Alvarenga Advogada

Breaking

segunda-feira, 13 de abril de 2020

Doutora, por quê o processo demora tanto?


É sempre bom esclarecer que a tramitação de um processo depende de uma série de fatores e não somente da atuação dos advogados. Obviamente nós advogados temos um papel imprescindível no acompanhamento das demandas, e por questões de experiência, conseguimos antecipar alguns atos.
Mas, nós também sofremos com essa morosidade. É do nosso interesse que a ação se resolva no menor tempo possível, pois além da questão financeira, os processos demandam tempo, esforço, empenho e atenção da nossa parte.
Acontece que um processo necessariamente passa por muitas fases, sendo algumas delas: Confecção, Distribuição, Conferência, Intimação da Parte contrária, Instrução (Juntada e análise de provas), Conclusão e Sentença, além da fase Recursal e Executória.
Em cada fase podem acontecer inúmeras possibilidades e situações diferentes.
Além disso, a demanda de processos no Judiciário é enorme. Em contrapartida, os servidores são poucos e não conseguem acompanhar de forma ágil a quantidade de serviço que chega diariamente.
Sem falar ainda que a legislação permite uma série de recursos e manifestações no decorrer do processo, fazendo que se prolongue ainda mais.
Quando sai uma sentença é fato que é algo bom, mas não quer dizer que o processo se encerrou e que o credor vai ter acesso ao direito deferido logo no outro dia. Isso apenas quer dizer que uma etapa foi vencida, mas que nesse momento se iniciará outra, podendo ser a Execução (pedido de pagamento ou cumprimento da obrigação) ou a fase Recursal.
A solução que temos encontrado atualmente é recorrer às tentativas de solução via extrajudicial, ou seja, tentar resolver os casos sem levar ao Judiciário, seja de forma administrativa, seja formulando acordos, seja em Cartório quando possível.
O objetivo é levar para o Judiciário apenas casos que realmente necessitem. Fazendo isso somos capazes de diminuir bastante demanda e auxiliar os Juízes na agilização dos processos.
Portanto, é sempre bom lembrar que por detrás de um processo judicial existe uma série de medidas e prosseguimentos a serem seguidos, os quais nem sempre dependem da atuação ou vontade dos patronos.
_________________________________________________
Leidyane Alvarenga
Me acompanhe no instagram:@leidyanealvarenga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();